quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

E aquilo parecia interminável


E infelizmente a gente teve que se separar, ainda bem que era por pouco tempo, bem, não era pouco, eu havia me enganado.
Meu Deus, parecia que o tempo tinha parado ali, cada segundo longe de você parecia interminável, os dias passam devagar. Dava pra ver nos meus olhos que eu sentia sua falta, lágrimas rolavam no meu rosto, vivia numa completa escuridão.
Mas então o dia do nosso reencontro chega, empolgação e medo, eu te vejo, abraço-o, então tudo fica bem, meu dia amanhece, e no seu abraço eu encontro meu lugar. E foi aí que eu percebi uma coisa que ja estava clara a muito tempo; eu te amo.


história fictícia, texto para: bloínquês.

4 comentários:

  1. as vezes é bom sentir falta, valorizamos mais.

    ResponderExcluir
  2. existem pessoas que mesmo perdendo não aprendem a valorizar :x
    Lindoo o post *-*

    ResponderExcluir
  3. mesmo que seja bom, doi. obg meninas *-*

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Flickr

Link-me!



Clique para ver mais opções de buttons

Translate

Real Time Web Analytics