quinta-feira, 15 de abril de 2010

Carta de amor

Quando você me perguntou se eu ainda estaria morando aqui no próximo ano achei graça. Logo você querendo planejar as coisas, não combina. Porém, isso pode ser muito você. Não há outro que goste mais de mudar. De dentro para fora, sempre.
Hoje caminhei pela Rua dos Três Desejos, estava frio e faltou você me dizendo para não esquecer as luvas.
Meus dedos se sentiram mais confortáveis quando segurei a xícara de chá quente na cafeteria da Ruth. Ela continua a mesma, perguntou de você como perguntou na semana passada. Será que ela finge não saber que você viajou há 7 meses? Eu ainda vejo graça nas perguntas dela, talvez um dia eu canse e passe a tomar café naquela padaria da esquina. O cheiro do pão torrado pela manhã continua o mesmo, delicioso.
Suas correspondências continuam a chegar, fique tranquilo, pois todas estão bem guardadas.
Agora você deve estar perguntando porque eu as guardo se você não vai voltar. Como você é previsível! Sei que agora você está sorrindo, deve estar também no décimo quarto cigarro do dia. Não vou escrever aqui o que acho sobre seu charmoso vício. Sem brigas, meu amor. E se eu as guardo é uma questão de educação, minha mãe sempre disse para eu não estragar a correspondência dos outros.
Cansei de escrever. Simplesmente não sei como terminar essa carta. O que mais falta dizer a você? Que ainda tem um resto de você em mim?
Vontade de rasgar essa carta, mas é o último papel que me resta. Escrevo a carta da cafeteria da Ruth, ela ja passou pela minha mesa várias vezes tentando adivinhar o que estou escrevendo, achei graça. Eu estou sorrindo agora.
Bem, acho que está bom. Termino esta carta sorrindo. Afinal um amor longe dói de qualquer jeito, o melhor é sorrir.


Fictícia, [Créditos]

4 comentários:

  1. Gostei muito. Está envolvente e intensa. Precisa melhorar a ortografia, mas o conteúdo está muito bom... Gostei mesmo.

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Esse texto é realmente lindo ! Não me importam os erros !
    Sabe, eu lembro do teu blog de algum lugar, mas não lembro se sou seguidora O.o mesmo assim vou sguir e estarei sempre por aqui dando minha opinião =) Se vc não se importar claro =)
    beijos

    ResponderExcluir
  3. eu também gostei quando eu li, a professora deu esse texto na aula de português *-*

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Flickr

Link-me!



Clique para ver mais opções de buttons

Translate

Real Time Web Analytics